Prefeita participa de encontro com equipe do MAB e pesquisadores do Ipea

Na manhã da última quarta-feira (05), a prefeita, Ana Passos, acompanhada pelo secretário de administração, Juvenilson Passos, recebeu em seu gabinete a equipe de Coordenação municipal do MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens) e os pesquisadores do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), onde foi feita uma apresentação da pesquisa sobre o impacto social dos municípios atingidos pelo Lago de Sobradinho. O tema da pesquisa “Diagnóstico Social, Econômico e Cultural dos Atingidos por Barragem” é inédita no Brasil com esse porte.

A pesquisa tem o objetivo de mensurar a dívida social do Estado Brasileiro com os atingidos pela obra da Usina Hidroelétrica de Sobradinho nos oito municípios (Sento-Sé, Sobradinho, Casa Nova, Remanso, Pilão Arcado, Barra, Xique-xique e Itaguaçu da Bahia). Entre as mais de 400 hidrelétricas já construídas no Brasil, a de Sobradinho foi a escolhida para ser a primeira a ser pesquisada.

O processo ocorre em três etapas: 1ª Etapa – Quantitativa (aplicação de questionários); 2ª Etapa – Qualitativa, qualificar a dívida social (entrevistas com atingidos, gravações, grupo focais, recomposição histórica, etc.) e a 3ª Etapa – Devolutiva do produto para a sociedade.

A pesquisadora responsável pelo município de Sento-Sé, Marta Rodrigues, explicou o funcionamento desse trabalho, “o município vai fazer o acolhimento da análise e fazer com que a pesquisa chegue aos atingidos. Hoje Sento-Sé é uns dos municípios que tem uma extrema violação dos direitos humanos, justamente pela condição que ficou depois que foi atingida pela construção. Então a prefeitura está se comprometendo em acolher a pesquisa no município e ajudar com o que for necessário”, afirmou.

“O Ipea está executando essa pesquisa, que tem finalidade de apontar políticas públicas para o Estado Brasileiro, no ponto de vista da esfera estadual, federal e municipal. Por isso a importância do município fazer parte da pesquisa”, finalizou Rodrigues.

A gestão de Sento-Sé foi convidada a compor a coordenação da pesquisa, “a prefeitura vai compor a coordenação que vai acompanhar os trabalhos, acolher a equipe e os dados com um final da pesquisa para melhorar as políticas públicas do município”, disse Ana Passos.

Fazem parte da coordenação regional da pesquisa: Ipea, Irpaa, o MAB, o Colegiado do Território Sertão do São Francisco, Uneb, Univasf, Governo Estadual a suas Secretarias, Chesf, Embrapa e Prefeituras dos Municípios Pesquisados. O lançamento da pesquisa para abertura dos trabalhos no município vai ser no dia 25 de abril na câmara de vereadores da cidade.

Tâmara Tárcia/Ascom PMSSE

FOTO: Leonardo Costa

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *