Prefeitura promove “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”

O Conselho Tutelar em parceria com as Secretarias de Saúde, Educação e Ação Social promoveu ações para lembrar a data 18 de maio, dia instituído por lei o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Na manhã do dia, 18, aconteceu na praça central apresentação de canções, teatro mudo e na principal avenida manifestações com passeata para homenagear essa data. 

Ana Carolyne, 16 anos, estava coordenando o teatro mudo e falou de como devemos prestar atenção no que foi apresentado, pois a partir dessas características percebemos os sintomas nas crianças que sofrem essa agressão. “Estamos mostrando para população como as crianças passam por isso. E com isso as pessoas vão ver como elas se sentem e saber que devem ajudar quando perceber”, afirmou.

O coordenador do Conselho Tutelar, falou da finalidade desses eventos, “ o objetivo dessas ações são mobilizar, sensibilizar, informar a sociedade e convocá-la para estarmos juntos pelos diretos de crianças e adolescentes e na luta pelo fim da violência sexual. Família, escola, sociedade civil, governos, igrejas, mídia, devem assumir o compromisso no enfrentamento da questão, assim promovendo o desenvolvimento da sexualidade de crianças e adolescentes de forma digna, saudável e protegida”, disse Jackson Faustino dos Santos.

Na sexta-feira, 19, aconteceu na Câmara de Vereadores, além das apresentações, palestra e capacitação com a psicóloga, Geisa Castro, a assistente social, Adriana Santos e o coordenador do conselho Tutelar, Jackson Faustino, para os agentes de saúde, diretores, coordenadores da rede regular de ensino do município com o tema: combate ao abuso, à exploração sexual de crianças e adolescentes.

Representando a prefeita Ana Passos, no evento, Clériston Ferreira, falou da importância dessas ações. ” A importância das ações de combate à violência sexual em nosso município está primeiramente no cumprimento da lei, mas também está no compromisso moral de fortalecer a rede de proteção à esta faixa etária da população, tão indefesa e vulnerável as investidas dos agressores. Vamos atuar na prevenção, mas também atuaremos no combate a esses atos. Sento-Sé não irá engrossar as estatísticas de violência sexual no Brasil”, disse Ferreira.

Também participaram do evento a Secretaria de Ação Social, Tereza Rodrigues, o Secretários de Saúde, Luiz Rezende e Maiara Barreto, Coordenadora da Atenção Básica.

Tâmara Tárcia/Ascom PMSSE
Fotos: Leonardo Costa

 

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *